Publicidade - OTZAds

Como funciona uma lente líquida e por que ela é necessária em smartphones

No final de março, a Xiaomi apresentou um novo smartphone da família Mi Mix – Xiaomi Mi MIX Fold. O dispositivo é capaz de se dobrar, nos moldes do Samsung Galaxy Fold, mas o mais importante talvez tenha sido a câmera com uma lente líquida.

Parece um tanto estranho. Talvez seja a coisa mais interessante neste smartphone, então vamos saber mais a respeito.

Pela primeira vez, pudemos aprender mais sobre essa tecnologia por meio de rumores que surgiram algumas semanas antes da apresentação. Ficamos surpresos com a existência de tal tecnologia, mas ficamos ainda mais surpresos com o fato de ela existir há bastante tempo.

Publicidade - OTZAds

Além disso, não apenas existe, mas tem sido utilizada com bastante frequência no setor comercial.

O ponto aqui serão as vantagens que as lentes líquidas oferecem, mas vamos por partes.

Lente líquida? Como ela é?

As lentes líquidas, via de regra, são dispostas da seguinte forma: um líquido condutor especial (seja água ou outras soluções baseadas nele) é colocado entre o vidro e uma gota de líquido hidrofóbico (óleo).

Uma vez que a água não se mistura com um líquido hidrofóbico, a estrutura não requer o uso de membranas isolantes adicionais. Todos os líquidos são purificados durante sua produção para que tenham altos índices de transparência.

Em seguida, os eletrodos são levados para a lente para aplicar tensão a ela. O objetivo disto é para que as lentes líquidas mudem de forma. Esta é a sua principal vantagem: quanto maior a voltagem, mais alongada se torna a gota d’água. Em geral, uma lente de lente líquida pode ter absolutamente qualquer comprimento local.

Publicidade - OTZAds
Este é um exemplo de como a forma de uma lente muda sob a influência da eletricidade.

Outra vantagem é a compactação e a modéstia comparativa nos custos financeiros durante a produção. Mesmo assim, as lentes comuns precisam ser polidas – para obter o formado desejado, e tudo isso leva tempo e custa dinheiro.

Com lentes líquidas, as coisas são mais fáceis, porque assumir a forma desejada por conta própria – você só precisa colocar certas configurações no controlador para fornecer energia a ele.

Basicamente é isso. Os rumores dizem que os custos de produção são de apenas US $ 3-5.

Quem inventou as lentes líquidas e onde foram utilizadas?

Na verdade, mesmo nos tempos antigos, as pessoas usavam recipientes de água como lentes. Então, quando a mecânica apareceu, elas começaram a ser feitas de vidro, mas eventualmente a física veio em seu socorro e as lentes líquidas começaram a entrar na moda novamente.

A equipe da Corning juntamente com a Varioptic contribuíram para o seu desenvolvimento. Caso você não saiba, os Corning são os caras que fazem alguns dos melhores vidros de proteção para smartphones e ópticas.

lente líquida

E a Varioptic é uma empresa francesa que foi uma das primeiras a trabalhar para levar lentes líquidas ao público. Combinando seus pontos fortes e experiências, juntos eles foram capazes de implementar uma das tecnologias mais incomuns em um nível de alta qualidade.

Em 2007, a Varioptic até lançou uma câmera de lente líquida. Era chamado de IVIN-2M e tinha uma resolução de apenas 2 megapixels cuja principal aplicação era no setor comercial – em armazéns e oficinas. Basicamente eram nesses segmentos que as lentes líquidas eram utilizadas.

Publicidade - OTZAds
lente líquida

Depois do IVIN-2M, a Varioptic e a Corning começaram a se concentrar no fornecimento de lentes líquidas para câmeras de outros fabricantes.

As lentes líquidas tem a capacidade de mudar de forma sob a influência da eletricidade ou estresse mecânico. Isso muda a distância focal, o que significa que uma dessas lentes pode servir como vários módulos de câmera. Os smartphones modernos tem pelo menos duas ou três câmeras, no caso do Mi Mix Fold, uma câmera com lente líquida substitui duas – retrato e macro.

Em teoria, uma dessas lentes poderia até ser treinada para funcionar como três ou quatro câmeras. Imagine que seu smartphone ainda será capaz de tirar fotos em diferentes modos, amplo, ultra amplo, retrato e macro, mas em vez de módulos enormes, haverá apenas uma câmera. Acredita-se que as lentes líquidas podem tornar as câmeras menos protuberantes. Além disso, devido ao fato de que todos os elementos são líquidos, não precisa se preocupar com desgaste.

O Xiami Mi MIX Fold pode estabelecer uma nova tendência. Seria interessante saber os resultados do teste de câmeras pelo pessoal do Dxomark. Quem sabe no futuro retornaremos ao simples e ao invés de enormes módulos triplos ou quádruplos, teremos tudo concentrado em apenas um sensor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.