Publicidade - OTZAds

Criador do game The Witcher pede mais US$ 16 milhões de direitos autorais

Só que o desenvolvedor do game The Witcher (CD Projekt), disse ao autor original do jogo, Andrzej Sapkowski que não irá mais pagar pelo licenciamento.

Publicidade - OTZAds

Apenas para entender: O criador do jogo vendeu os direitos autorais para a desenvolvedora a um valor fixo, e não por uma porcentagem nas vendas. (Agora que viu o tamanho do prejuízo, decidiu que quer mais grana).

Segundo o Andrzej, ele tem total direito de reivindicar o pagamento adicional pois o acordo foi apenas para o primeiro jogo, não se aplicando as sequências e expansões que já foram lançadas.

Em nota emitida pela CD Projekt, o autor do game exigiu o pagamento de US$ 16 milhões de dólares, alegando que o valor está entre 5 e 15% dos lucros com base nas obras já lançadas.

Publicidade - OTZAds

Do outro lado, a desenvolvedora disse que “As exigências são infundadas, assim como o montante fixado”.

“Entendemos que os direitos legalmente adquiridos do Sr. Andrzej Sapkowski, e que foram o necessários para o desenvolvimentos dos jogos da série The Witcher, estão devidamente pagos”

A CD Projekt disse ainda que “deseja manter as ótimas relações que tem com os autores das obras e que o a parte jurídica irá avaliar a questão para buscar uma solução amigável para o caso, mas pediu para que os contratos existentes sejam respeitados”. (Ou seja: você é responsável pelo que você assinou).

Publicidade - OTZAds

Só resta esperar pra ver no que isso vai dar. No final farão um acordo bacana e fica por isso mesmo, agora pensa se o contrato fosse por uma participação nas vendas?

Só para conhecimento: Em março deste ano a CD Projekt informou que a saga The Witcher havia vendido um total de 33 milhões de cópias!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.