Publicidade - OTZAds

APPLE A14 BIONIC: NOVAS INFORMAÇÕES DISPONÍVEIS

Durante a última semana, surgiram algumas informações que todos estávamos esperando. Saíram alguns benchmarks de desempenho dos novos processadores Apple A14 Bionic.

E esta notícia é importante por alguns motivos diferentes:

Primeiro, este é o mesmo chip que equipa o iPad Air 4 e o novo iPhone 12, que estará disponível no comércio dentro de algumas semanas.

A segunda notícia importante é que o processo de fabricação também é em 5 nm (nanômetros) e é extremamente poderoso e eficiente no consumo de energia.

Com certeza a tecnologia de 5 nm veio pra ficar na Apple. Não há motivos para aderir a uma tecnologia superior e depois partir para o regresso.

Publicidade - OTZAds

Provavelmente os novos dispositivos também virão com os novos chip’s, como por iPad Pro e a Apple TV e principalmente, os novos Mac’s.

A Apple fala em uma melhoria de até 40% no desempenho da CPU e uma melhora de até 30% para a parte gráfica.

APPLE A14 BIONIC

Neste ponto devemos observar se a comparação é com relação ao iPad Air que tinha o chip A12 e não o A13.

Então, teoricamente se aplicarmos esta melhoria de 40% na CPU do iPad Air 3, devemos ter aproximadamente cerca de 3965 pontos em termos de desempenho multi-core.

Agora, vamos dar uma olhada nos testes do processador A14 que foram vazados pelo Lovetodream através da sua conta no twitter:

Ele conseguiu uma pontuação multi-core de 4198 pontos, um pouco mais lata do que a Apple havia prometido, tornando-o quase 50% mais rápido do que o A12 em vez de 40% mais veloz.

Publicidade - OTZAds

Sendo assim, parece que não prometeram nada que não conseguissem cumprir.

Já a parte de desempenho dos gráficos é que deixou a comunidade tech ainda mais impressionada, o ganho foi absurdo.

Os padrões de vazamento mostraram uma pontuação de 12.571.

O que foi mais rápida do que o desempenho do também veloz A12z no último iPad Pro.

Embora não faça nenhum sentido, já que a própria Apple disse que o chip A14 do iPad Air 4 é 30% mais rápido do que o chip A12 do iPad Air 3, mas parece que a própria Apple nivelou por baixo os desempenhos prometidos.

Estes desempenhos obtidos pelos novos processadores Apple, se confirmados, prometem ser muito promissores.

MAS O QUE HÁ DE BOM EM TODOS ESTES NÚMEROS?

Bom,  novidade é que podemos utiliza-los para calcular o desempenho multi-core do chip A14x, que será ainda mais potente.

Publicidade - OTZAds

Em 2017, o chip A10X do iPad Pro era cerca de 61% mais poderoso do que o A10 Fusion que equipava o iPhone 7.

Em 2018 o chip A12x do iPad Pro foi anunciado, sendo 71% mais potente que o A12 Bionic presente no iPhone XS.

Agora, se assumirmos que o chip A14x seguirá o mesmo padrão, podemos ter um ganho de 50% e nos mantermos conservadores.

Estes são apenas os primeiros processadores prometidos para a nova linha de Macs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *